sábado, 21 de outubro de 2017

Urtigas na Horta (Chorume de Urtigas)

 As Urtigas são plantas de extrema importância para a horta, embora sejam consideradas um infestante podem ser usadas como fertilizante orgânico, estimulante do solo, das raízes e das folhas, na prevenção e no tratamento de doenças e pragas através do Chorume de Urtigas.

Urtigas na Horta (Chorume de Urtigas)
Urtigas

Descrição

 A Urtiga é uma planta arbustiva perene, de aparência rude e pode atingir até 1,5 m de altura. As folhas são rugosas, de forma elípticas e revestidas por pelos secretores de uma substância ácida que provoca comichão, irritação e inflamação em contacto com a pele.

Cultivo

 É uma planta espontânea que se multiplica por sementes ou pela divisão da planta, normalmente em solos húmidos e com matéria orgânica pouco decomposta.

Urtigas na Horta (Chorume de Urtigas)
Cultivo de Urtigas

A Importância da Urtiga na Horta

 Geralmente, é considerada como "erva daninha", mas é uma planta de extrema importância para a Horta, pois possui propriedades riquíssimas, como, por exemplo, azoto, silício, ferro, potássio, magnésio e micronutrientes
 Os benefícios são diversos, como ativar e estimular o crescimento de outras plantas, tornando-as mais resistentes às doenças ou pragas que as atacam.

Chorume de Urtigas

 O Chorume de Urtigas é o produto final da maceração das folhas e hastes de urtigas juntamente com água, preferencialmente a água da chuva. O Chorume de Urtigas é um produto tão poderoso que pode ter diversas aplicações, tais como:
  • Ação inseticida, é um eficaz repelente contra ácaros e pulgões; 
  • Dinamizador do solo, pois estimulam a flora microbiana do solo; 
  • Adubo foliar e fertilizante, como possui propriedades riquíssimas pode ser administrado via foliar ou como fertilizante nas raízes através da rega das plantas; 
  • Acelerador da compostagem, as folhas e hastes que sobrantes do chorume ao ser colocadas no compostor irão acelerar o processo de decomposição; 

Urtigas na Horta (Chorume de Urtigas)
Preparação de Chorume de Urtigas

Como fazer Chorume de Urtigas

Material:
 • Balde de Plástico 
 • Vara de Madeira 
 • Pano de Algodão
 • Luvas
 • Coador

Ingredientes:
 • 50 gr de Urtigas
 • 5 L de Água, preferencialmente da chuva
(Nota: Usar a proporção é de 1:10, ou seja, 10gr de Urtigas para 1 L de Água) 

Modo de Preparação:
 1. Colher as urtigas com luvas;
 2. Colocar no balde de plástico as urtigas;
 3. Adicional a água respeitando a proporcionalidade indicada anteriormente e de preferência da chuva;
 4. Mexer com uma vara de madeira e cobrir com o pano de algodão. Reservar num local à sombra;
 5. Mexer de 2 em 2 dias e cobrir com o pano;
 6. Quando começar a aparecer espuma branca o preparado está pronto. Aproximadamente 4 a 7 dias;
 7. Coar o preparado e engarrafar o chorume para futuras utilizações;

Urtigas na Horta (Chorume de Urtigas)
Chorume de Urtigas

O preparado pode ser guardado durante 2 anos ao abrigo da luz e num local fresco.

Como fazer Chorume de Urtigas



 O Chorume de Urtigas é o produto final da fermentação das folhas e hastes de urtigas juntamente com água. O chorume de urtigas serve como fertilizante orgânico, estimulante do solo, das raízes e das folhas, prevenção e tratamento de doenças e pragas.

Chorume de Urtigas

Material:
 • Balde de Plástico 
 • Vara de Madeira 
 • Pano de Algodão
 • Luvas
 • Coador

Ingredientes:
 • 50 gr de Urtigas
 • 5 L de Água, preferencialmente da chuva
(Nota: Usar a proporção é de 1:10, ou seja, 10gr de Urtigas para 1 L de Água) 

Modo de Preparação:
 1. Colher as urtigas com luvas;
 2. Colocar no balde de plástico as urtigas;
 3. Adicional a água respeitando a proporcionalidade indicada anteriormente e de preferência da chuva;
 4. Mexer com uma vara de madeira e cobrir com o pano de algodão. Reservar num local à sombra;
 5. Mexer de 2 em 2 dias e cobrir com o pano;
 6. Quando começar a aparecer espuma branca o preparado está pronto. Aproximadamente 4 a 7 dias;
 7. Coar o preparado e engarrafar o chorume para futuras utilizações;


video


Aplicação do Chorume de Urtigas

O Chorume de Urtiga é o produto final da fermentação das urtigas extremamente forte que deve ser aplicado moderadamente. Aqui ficam algumas das aplicações possíveis:

Inseticida (20% de Chorume)
 • 0,2 L de Chorume de Urtiga
 • 1 L de Água

Estimulante Foliar (10% de Chorume)
 • 0,1 L de Chorume de Urtiga
 • 1 L de Água

Aqui poderá compreender a importância do Chorume de Urtigas: Urtigas na Horta (Chorume de Urtigas)

domingo, 15 de outubro de 2017

Como fazer Composto Orgânico

Definições

 • Material orgânico é geralmente heterogêneo e composto por restos de origem vegetal ou animal e outros resíduos orgânicos domésticos. 

 • Compostagem é o processo de transformação biológico que consiste na decomposição eficiente do material orgânico com o objetivo final de obter matéria humífera, ou seja, o composto orgânico. Este processo é feito através de diversos micro-organismos e animais invertebrados (centopeia, minhoca, lesma, caracol, etc.).

 • Composto orgânico é o material resultante do processo de decomposição, homogéneo, apresenta uma cor escura, textura granulada e com impossibilidade de distinção dos restos das partículas do material orgânico. Composto rico em elementos nutritivos fundamentais para a fertilização do solo.

Como fazer Composto Orgânico
Compostagem

Três formas de fazer o Composto Orgânico

 É muito simples fazer o próprio composto orgânico, aqui vou citar três formas que, geralmente, costumo fazer nos pequenos espaços das minhas hortas no terraço.

 Essas três formas são as seguintes:
   1. Incorporar diretamente no solo;
   2. Fazer um monte ou uma cobertura no solo;
   3. Colocar num recipiente de plástico;

1. Incorporar diretamente no solo
 Este método é utilizado quando as culturas terminam o seu ciclo vegetativo e é necessário revolver a terra para a tornar mais fofa. Nesse momento, é incorporado diretamente no solo os restos das culturas que terminaram o seu ciclo vegetativo juntamente com resíduos de animais (esterco seco). 

Incorporar resíduos diretamente no Solo
 
2. Fazer um monte ou uma cobertura no solo
 Outra delas é colocar o material orgânico simplesmente no solo e ir acumulando vários detritos, fazendo um monte. Esse monte, deve ser colocado num local despromovido de plantações, pois as raízes tem tendência a usufruir desta fonte e apoderando-se de toda a substância nutritiva.

Fazer um monte de Resíduos no Solo

 Mas, caso queira nutrir as plantas hortícolas diretamente, basta colocar os resíduos orgânicos e de preferência os mais fáceis de degradar junto dos pés de cada planta para as alimentar. Esteticamente não é uma visão muito agradável mas as plantações vão agradecer bastante.

Fazer uma cobertura no solo junto ao pé da planta.


3. Colocar num recipiente de plástico
 Muitas vezes devido a falta de espaço livre nas hortas do terraço, utilizo um recipiente de plástico como compositor e também com a funcionalidade de armazenar os resíduos da horta.

Colocar num Recipiente de Plástico

Material Orgânico

 O material orgânico que pode ser compostado classifica-se em dois tipos: verdes e castanhos. Os resíduos verdes têm maior proporção de azoto, sendo geralmente verdes e húmidos e os resíduos castanhos contêm maior proporção de carbono, sendo geralmente castanhos e secos.

 O material orgânico que normalmente costumo usar para a compostagem é o seguinte:

Elementos Verdes:
 • Resíduos vegetais da horta que terminaram o ciclo vegetativo (folhas, talos, etc);
 • Restos de vegetais crus;
 • Restos de cascas de hortaliças de raiz, tubérculos e frutas;
 • Folhas verdes;
 • Ervas invasoras
 • Poda de folhas e ramos finos;
 • Desbaste de plantações em excesso;
 • Restos de relva corta e flores;
 • etc.

Elementos Castanhos:
 • Feno/Palha
 • Cascas de ovos esmagadas
 • Borras de café
 • Saquinhos de chá
 • Ervas e folhas secas
 • etc.

Como acelerar a Compostagem

Para acelerar o processo de decomposição deve-se triturar, esmiuçar ou cortar em pequenos pedaços, deste modo, o processo vai ser mais rápido e o resultado final será ainda melhor.

Outra dica, se o material da compostagem for remexido regularmente com o auxilio de uma forquilha também intensificará a rapidez do processo de decomposição.

Duração da Compostagem

A compostagem pode começar a fazer-se em qualquer época do ano. No entanto, a Primavera e o Outono são as duas estações mais indicados para iniciar este processo. São duas estações em que se terminam e iniciam novos ciclos hortícolas, podendo assim utilizar as culturas que terminaram o ciclo vegetativo para a compostagem.

A duração para obter uma composto orgânico homogênio varia consoante as dimensões das partículas a decompor. Normalmente, varia de 6 meses a 1 ano para obter húmus escuro, com textura grumosa e sendo impossível identificar as partículas adicionadas a compostar.

Se seguir as dicas para acelerar a compostagem, ditas anteriormente, é possível produzir o composto orgânico num período mais curto.

Composto Orgânico Pronto

O composto orgânico está pronto para ser usado quando apresentar as seguintes caraterísticas:
 • Textura granulada e homogênea (sem possibilidade da distinção dos restos das partículas);
 • Cor escura;
 • Cheiro a terra ou floresta;
 • Temperatura ambiente;
 • Redução do volume inicial para metade ou um terço;

Composto Orgânico

Utilidade do Composto Orgânico

Quando o composto orgânico está devidamente decompositado está em condições de ser usado diretamente na terra e principalmente durante as sementeiras e as plantações.
Deste modo, irá enriquecer o solo e fornecer os nutrientes essenciais para um excelente desenvolvimento das plantas hortícolas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...